COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

Novos blindados para a Polícia Militar de São Paulo

Por: Ivan Plavetz | Fonte: Tecnodefesa -> www.tecnodefesa.com.br

O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o secretário da Segurança Pública de São Paulo, Alexandre de Moraes, entregaram na última quarta-feira (01) seis novos blindados para os 2º e 3º Batalhões de Policiamento de Choque (2º e 3º BPChq) da Polícia Militar, e 7.992 pistolas e espingardas para unidades da Polícia Civil.

Novos blindados para a Polícia Militar de São Paulo

O governo paulista investiu cerca de R$ 30 milhões nos veículos chamados “Guardião”, além de mais de R$ 14 milhões nas armas de fogo. As aquisições foram feitas com recursos do Fundo de Incentivo à Segurança Pública (FISP).

“São Paulo tem a melhor e mais bem equipada polícia do Brasil”, disse Alckmin, ao verificar pessoalmente as armas e os “Guardiões”. “No último domingo, já entregamos modernas viaturas para o Corpo de Bombeiros, e agora estes seis veículos blindados para a PM e quase oito mil armas para a Polícia Civil” concluiu.

Os veículos blindados foram fabricados em Israel e trazidos ao Brasil pela empresa Plasan, que treinou policiais do Choque durante 10 dias. Cada viatura custou aproximadamente R$ 5 milhões.

“Muito mais importante do que o fato da importação, os blindados foram produzidos a partir de especificações técnicas da Polícia Militar”, destacou Alexandre de Moraes. “O projeto de Israel foi aprimorado para as características do Estado de São Paulo” disse Moraes.

Novos blindados para a Polícia Militar de São Paulo

Três dos blindados recebidos irão para o 2º Batalhão de Choque e os demais para o 3º BPChq. As viaturas serão usadas em operações contra o crime organizado, segurança em grandes eventos e também em ações de defesa civil, como casos de catástrofes naturais e incêndios.

As viaturas têm capacidade para transportar 24 policiais militares e possuem características que permitem ultrapassar obstáculos como valas e fossos, além de transporem, dependendo da profundidade, locais dominados por água.

Os veículos têm equipamento GPS e contam com um sistema de transmissão de imagens captadas por câmeras de visão noturna. As viaturas também podem circular em condições de baixa luminosidade. Além disso, os blindados possuem capacidade para desobstruir vias através de mecanismos apropriados e contam com sistemas de exaustão e contra incêndio. Rodas, pneus, motor e o compartimento da tripulação possuem sistemas de proteção.

Novos blindados para a Polícia Militar de São Paulo

Já as 7.992 novas pistolas e espingardas que irão reforçar o armamento da Polícia Civil receberam investimento de R$ 14,1 milhões. Foram compradas 5.992 pistolas de calibre .40, com preço total de R$ 11,7 milhões, e outras 2 mil espingardas de calibre 12, no valor total de R$ 2,4 milhões.

“As pistolas .40 dão até quinze tiros de repetição, e as espingardas são as mais modernas disponíveis. Tecnologicamente, a polícia paulista é a mais bem preparada”, afirmou o governador.

As armas serão distribuídas a unidades da Polícia Civil de todo o Estado. As compras foram feitas por meio de licitações e as empresas selecionadas foram; Forjas Taurus S/A e CBC – Companhia Brasileira de Cartuchos.

De acordo com a Secretaria de Segurança, a partir de 2011, a Polícia Civil recebeu 8.120 pistolas .40, que custaram R$ 12,5 milhões, 60 pistolas 380, que tiveram investimento de R$ 76,3 mil, e 150 fuzis 5.56, no valor total de R$ 723 mil.