COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

Veja diferenças entre armas da PM e as usadas em mega-assalto em SP

Fonte: Camacari Noticias -> www.camacarinoticias.com.br

Um especialista em armamentos analisou o tipo de munição utilizada por um grupo de criminosos que assaltou uma empresa de valores e matou três pessoas em Santos, no litoral de São Paulo, na madrugada da última segunda-feira (4). Segundo Ricardo Góes Moreira, o cenário era "de guerrilha", devido às diferenças entre os armamentos utilizados pela polícia e pelos suspeitos

Imagens de monitoramento da cidade flagraram um dos assaltantes utilizando um fuzil 0.50 durante a fuga. A arma é utilizada em guerras em diferentes partes do mundo. "O fuzil não é feito para um tiro rápido, e sim para perfurar materiais a longa distância ou acertar um alvo a mais de mil metros", explica Ricardo.O fuzil é capaz de perfurar carros blindados e derrubar aeronaves. O especialista acredita que o armamento foi utilizado para perfurar paredes blindadas e auxiliar na entrada à empresa. "São indivíduos armados com o que tem de mais moderno e possante no mundo", diz.O G1 entrou em contato com a PM que, até o fechamento desta reportagem, não falou sobre o assunto.

Veja diferenças entre armas da PM e as usadas em mega-assalto em SP

Crime

O assalto ocorreu no bairro do Macuco por volta das 4h de segunda-feira (4), quando suspeitos armados invadiram a empresa. A Polícia Militar foi acionada e, em poucos minutos, chegou ao local.Policiais e criminosos trocaram tiros e houve perseguição. Todos os criminosos conseguiram fugir após passarem por avenidas movimentadas da cidade e entrarem na via Anchieta, em direção a São Paulo. Dois policiais e um morador de rua morreram durante a ação.

Dezenas de câmeras de monitoramento espalhadas por Santos registraram a ação do grupo. De acordo com a polícia, nem todas as imagens foram analisadas até agora. Os investigadores acreditam que algumas das imagens possam levar aos suspeitos.Em uma das imagens, é possível observar que um dos criminosos, de capacete, está utilizando um armamento de guerra. O fuzil foi identificado por especialistas como de calibre 0.50, capaz de derrubar aeronaves.

Veja diferenças entre armas da PM e as usadas em mega-assalto em SP

O carro usado pelos criminosos foi abandonado poucos quilômetros depois.O grupo de criminosos foi perseguido. Os policiais realizaram um cerco na Praça dos Andradas, em Santos, na Vila dos Pescadores e em um viaduto na via Anchieta, em Cubatão. Os suspeitos estavam em quatro veículos e passaram pelos bloqueios feitos pela Polícia Militar.Os suspeitos utilizaram, como rota de fuga, a via Anchieta. A Polícia Militar Rodoviária realizou um bloqueio e mais dois policiais foram feridos. De acordo com a PM, os criminosos fugiram em direção a São Bernardo do Campo.

Encontrado

Após o assalto, a polícia encontrou parte do dinheiro roubado em carros abandonados pela quadrilha.

No total, R$ 8,9 milhões foram encontrados dentro de carros abandonados na Rodovia Anchieta. A Prosegur confirmou o assalto na sua base em Santos. A companhia informa que nenhum de seus funcionários foi ferido e que está à disposição das autoridades e colaborando para o andamento das investigações. A empresa afirma que grande parte do dinheiro foi recuperado.